SUS deve ter campanhas permanentes sobre riscos da automedicação

Por Agência Senado — O Senado aprovou nesta quarta-feira (5) um projeto de lei que inclui na Lei Orgânica da Saúde (Lei 8.080, de 1990) a determinação para que os gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) façam campanhas permanentes de conscientização contra a automedicação (PL 1.108/2021). O uso indiscriminado de antimicrobianos e medicamentos controlados pode favorecer a resistência bacteriana e também mascarar sintomas de doenças mais graves. O projeto segue para a sanção presidencial.