Hermano Morais destaca debate sobre direitos das crianças e adolescentes na ALRN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte tem realizado, desde o início da manhã desta quarta-feira (15), o Seminário Orfandade e Direitos, uma iniciativa da Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente. O debate em torno do tema ganhou repercussão durante a sessão plenária, a partir do pronunciamento do deputado estadual Hermano Morais (PV), que é o atual presidente do colegiado.

“É importante fazer um levantamento efetivo, com números reais, e mostrar o que está sendo feito para garantir uma educação de qualidade a essas crianças”, disse Hermano. O evento é realizado em parceria com a Coalizão Nacional pelos Direitos de Crianças e Adolescentes em Orfandade e conta com a participação de representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, Secretarias de Saúde, entre outros.

Hermano ressaltou que a questão da orfandade se agravou no país após a pandemia da Covid-19, principalmente entre os anos de 2020 e 2021. Nesse período, o número de órfãos crianças e adolescentes sob os cuidados pelos avós saltou de 113 mil para mais de 130 mil. O parlamentar defende que seja feito um levantamento em cada estado para que se identifique as necessidades e a infraestrutura para atender a esta demanda.