Treinador revelou desejo de voltar ao clube da Gávea em entrevista ao "UOL": "Não depende só de mim". — Foto: Prestige/Soccrates/Getty Images

Por Redação do ge, Rio de Janeiro — Um dos grandes nomes da história recente do Flamengo, Jorge Jesus está de férias no Brasil e quer retornar ao clube. Quem afirma é o próprio treinador, que deu um prazo até o próximo dia 20 por proposta do time carioca em entrevista ao colunista Renato Mauricio Prado, do “UOL”, publicada na manhã desta quinta-feira.

“Quero voltar, sim. Mas não depende só de mim. Posso esperar até pelo menos o dia 20. Depois disso, tenho que decidir minha vida”, disse Jesus.

Apesar do desejo de Jesus, a diretoria do Flamengo confia na sequência do trabalho de Paulo Sousa e não cogita trocar de treinador no momento.

Pelo Flamengo, Jorge Jesus viveu um ano mágico entre junho de 2019 e julho de 2020. Nesse período, o time conquistou Libertadores, Brasileirão, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Campeonato Carioca.

Jorge Jesus é jogado para o alto pelos jogadores do Flamengo em festa pelo título do Brasileirão — Foto: André Durão

Desde que deixou o Benfica, no fim de 2021, Jorge Jesus não assumiu o comando de nenhum clube. Pouco antes de deixar a equipe de Lisboa, o português foi sondado pelo Flamengo. Mas, no momento em que saiu, o Rubro-Negro já havia fechado com Paulo Sousa, atual técnico.

No início do ano, ele foi alvo do Atlético-MG, mas as negociações não foram adiante. Recentemente, Jesus foi procurado pelo Fenerbahçe, da Turquia. Mas nenhuma decisão deve ser tomada antes do fim das férias, de acordo com o próprio técnico.