Vivaldo que atua como médico há mais de 50 anos, lembrou a sua trajetória profissional. — Foto: João Gilberto

O deputado Vivaldo Costa (PV) foi um dos oradores na sessão ordinária da Assembleia Legislativa, desta terça-feira (26). O parlamentar lembrou do baixo investimento em saúde mental no País.

Vivaldo que atua como médico há mais de 50 anos, lembrou que durante toda a sua trajetória profissional sempre constatou a carência na assistência psiquiátrica e que já protocolou projetos, requerimentos, além de realizar audiências públicas sobre a temática.

“As pessoas adoecem também da mente e têm dificuldade em receber atendimento especializado. Faltam psiquiatras no Brasil e até hoje não se encontrou a forma adequada para tratamento da doença mental”, disse.

Vivaldo aproveitou para fazer um apelo a governadora Fátima Bezerra (PT), “que é sensível aos problemas do povo, é preciso priorizar a assistência mental, fazer convênios, e implementar o projeto Saúde Fala Mais Alto”, que foi apresentado pelo próprio parlamentar e já aprovado pela Assembleia.