Com casa cheia, a noite foi marcada por reencontros e recomeços durante a abertura da Temporada 2022. — Foto: Brunno Martins

Uma mistura de público para ouvir a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, que retornava ao palco do Teatro Riachuelo, pela primeira vez, desde o início da pandemia da Covid-19. Com casa cheia, a noite da quarta-feira (30) foi marcada por reencontros e recomeços durante a abertura da Temporada 2022 do Projeto Movimento Sinfônico.

Ao abrir das cortinas, o público foi recepcionado com a Cavalaria Ligeira, de Franz von Suppé, ao final, o maestro Linus Lerner explica “queremos honrar todos os povos, todas as culturas perante esse mundo e somos todos irmãos. Nós começamos com uma obra que trata sobre a guerra, porém, a guerra do passado. A gente estuda história para não repeti-la e, infelizmente, hoje, nós estamos vendo na TV pessoas morrendo e pouco podemos fazer, se não, começa uma terceira guerra mundial”. Em seguida, executa o hino da Ucrânia em homenagem aos mortos e feridos. Um dos pontos altos da noite, gerando reflexão e comoção, acompanhado de um minuto de silêncio.

No programa, também, a peça Concertino Brasileiro para Trompete, composta pelo trompetista e compositor brasileiro, Gilson Santos, em 2020 durante o momento agudo da Pandemia de Covid-19. A OSRN trouxe uma versão inédita para o Concerto de Abertura incluindo, os sopros. Foram três movimentos e com citações ao ritmo Maracatu. Como convidado especial, o solista Flávio Gabriel (BRA), um dos mais destacados de sua geração.

Com casa cheia, a noite foi marcada por reencontros e recomeços durante a abertura da Temporada 2022. — Foto: Brunno Martins

Jovens, adultos e crianças reunidos para a música de Concerto e para prestigiar o talento potiguar. A jornalista Célia Freire, apreciadora da Orquestra, expressa que os músicos da OSRN são motivo de orgulho e exemplo do que há de melhor na música, e alegra-se de ver a diversidade. “A presença do público jovem me chamou bastante atenção. E essa formação de plateia é revigorante”.

Para quem não conseguiu comparecer a esse concerto, pode conferir tudo através do canal oficial, no YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCH0Ui-ioCNEDxZ18Hvs6gvA).

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte tem o Governo do Estado do RN como seu principal mantenedor, por meio da Fundação José Augusto. E a temporada 2022 é realizada através do projeto Movimento Sinfônico mediante iniciativa do Instituto Neoenergia, com patrocínio da Neoenergia Cosern e Lei Câmara Cascudo; o projeto também conta com o patrocínio da Unimed Natal e é uma realização da OSRN / Fundação José Augusto e da MAPA Realizações Culturais, com apoio G7 Comunicação.

Com casa cheia, a noite foi marcada por reencontros e recomeços durante a abertura da Temporada 2022. — Foto: Brunno Martins

A OSRN é sua! Usufrua de todo conteúdo musical nas redes sociais! Siga, se inscreva e compartilhe!

Facebook – @rnsinfonica
Instagram – @osrn.oficial
YouTube – YouTube/OSRN