“Tributo aos Profissionais de Saúde” teve Filarmônica UFRN e Roberta Sá em show gratuito. — Foto: Tiago Lima

Com olhares atentos e mãos inquietas, o público aguardava com ansiedade o “Tributo aos Profissionais de Saúde” na noite da quarta-feira (15), que iluminou o Anfiteatro da UFRN, tendo, no palco, a Filarmônica UFRN e participação de Roberta Sá. Um momento para homenagear os heróis da vida real, que trouxeram e trazem alento durante a pandemia da covid-19. O projeto contou com patrocínio da Prefeitura do Natal, através do Programa Djalma Maranhão, tendo como incentivadores o Hospital do Coração e a Humana Saúde. Apoio cultural da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

Regida pelo maestro André Muniz, a Filarmônica UFRN, formada exclusivamente por alunos da Escola de Música da UFRN (EMUFRN), oriundos dos cursos técnico, Licenciatura, Bacharelado e Mestrado em Música vestiram-se de branco para honrar os profissionais de saúde, uma maneira de enfatizar a importância desses heróis que lutaram e lutam com as dores e os anseios da sociedade. “Emitir nosso amor e gratidão a eles, que entregam tanto a todos, e as vezes com a própria vida. A homenagem veio assim, através da música, que está presente na sociedade em todos os momentos, e quisemos externar com alegria, com colorido instrumental, em um lugar aberto e de fácil acesso, para que a gente pudesse enaltecer esse instante de paz que estamos tendo e que saibamos aproveitar com responsabilidade. E isso tudo graças a Lei de Incentivo e patrocinadores”, considera o maestro.

A noite do concerto iniciou com Bachiana N. 4, de Villa –Lobos e Christmas Festival. Em seguida, a cantora Roberta Sá levantou o público com “Eu sambo mesmo” (Janet De Almeida, 1946), “Coisa mais linda” (Carlos Lyra e Vinícius de Moraes, 1961), Falsa Baiana (Geraldo Pereira, 1944), dentre outros sucessos do seu álbum Sambas & bossas, lançado oficialmente em junho deste ano. Para a cantora, vir a Natal celebrar junto com a Filarmônica é especial. “Eles prepararam em pouco tempo um show de muita qualidade. Estar aqui me honra muito! É minha primeira apresentação na terrinha durante este período de pandemia, ainda mais homenageando os profissionais de saúde que sempre foram fundamentais e, agora, todos puderam perceber de maneira clara a dedicação deles, que se colocaram em risco em nome de milhares de vidas”, declara Roberta.

“Tributo aos Profissionais de Saúde” teve Filarmônica UFRN e Roberta Sá em show gratuito. — Foto: Tiago Lima

Para o público foi um presente e também uma forma de sentir aos poucos a vida em seu curso.  A arquiteta Bruna Pollyana foi uma das que compôs o coro entre a plateia. Vacinada, retornando aos poucos aos eventos de shows, ela comenta que sentiu segurança em ir, “Para mim, que cumpri os protocolos exigidos pela pandemia e só saí para trabalhar, foi um respiro. Emocionante ver tanta gente junto, respeitando o uso de máscaras e, sabendo que estava todo mundo vacinado, me deixou bem mais tranquila. Também foi o primeiro lugar que realmente sai para curtir algo que gosto sem tanta preocupação”, expõe.

O evento contou com o patrocínio da Prefeitura do Natal, através do Programa Djalma Maranhão, tendo como incentivadores o Hospital do Coração e a Humana Saúde. Apoio cultural da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.