O homem, de 22 anos, teve queimaduras na perna e precisou ser levado para o hospital. A mulher foi levada à delegacia, e depois liberada — Foto: Reprodução

Por Metrópoles — Durante briga de casal, uma mulher ateou fogo no próprio marido, que teve queimaduras na perna. O caso ocorreu no bairro Vila Sandra, em Curitiba (PR), no último domingo (28/11).

Com a discussão do casal, os vizinhos precisaram chamar a polícia. A mulher foi levada para a Central de Flagrantes. Após assinar um termo circunstanciado, ela foi liberada. O marido, de 22 anos, foi encaminhado ao Hospital Evangélico. A princípio as lesões foram leves.

Segundo a Polícia Civil do Paraná, tanto a vítima quanto a mulher foram ouvidos. O caso foi encaminhado à Justiça e há uma audiência marcada.

Em entrevista para a RIC Record TV, a vítima contou que estava sentado no sofá da sala quando a mulher jogou álcool e ateou fogo nele, riscando um fósforo. O fogo se espalhou rapidamente e o homem precisou rolar no chão para tentar apagar as chamas.

“Eu tentei apagar, rolei no chão, não conseguia. Aí eu tirei a roupa, a roupa que estava mais pegando fogo consegui tirar um pouco. Mas aí, depois, a hora que parou, eu tive correr para o banheiro porque realmente estava caindo a pele, estava bem feio”, afirmou ele.

O homem comentou que a dor foi insuportável e que gritou muito com os machucados. “A única coisa que eu consigo lembrar é da dor. Que dói muito, eu gritava de dor, gritava de dor. Tanto aqui quanto na ambulância, no hospital. Para a gente se queimar é muito dolorido, agora eu fico imaginando para quem morre queimado, deve ser a pior sensação do mundo”, contou o jovem. Ele ainda disse que pode perdoar o que a esposa fez, mas que não quer continuar com o relacionamento.