O sepultamento acontecerá às 18 horas no Cemitério Morada da Paz, em Emaús. — Foto: Reprodução

Faleceu às 3 horas da madrugada desta sexta-feira (26), no Hospital Rio Grande, em Natal, vítima de consequências da Covid-19, o diretor e fundador da Rádio Cabugi do Seridó, em Jardim do Seridó, Ângelo Augusto Fernandes, aos 78 anos de idade.

De acordo com informações de familiares, o sepultamento acontecerá às 18 horas no Cemitério Morada da Paz, em Emaús. Ângelo Fernandes tinha comorbidades. Era hipertenso e diabético.

Ângelo Augusto Fernandes também foi por muitos anos, o diretor da Rádio Difusora de Mossoró e ex-gerente do Terminal Salineiro de Areia Branca. Ainda exerceu a função de auditor fiscal do Tesouro Estadual. Estava aposentado.

Nascido em Natal, no dia 7 de novembro de 1943, Ângelo Fernandes tornou-se ao longo dos anos, uma referência na forma de conduzir e administrar programação radiofônica no Rio Grande do Norte.

É uma pessoa de muitos amigos, querido, e que possui uma longa história também na política, pela ligação de confiança que teve com Aluízio Alves, desde o tempo em que o MDB cabia em um fusca.