Durante a reunião, dirigentes da APER fizeram a apresentação de um estudo realizado pela Associação. — Foto: Divulgação

A energia solar no Rio Grande do Norte foi pauta, nesta quarta-feira (24), na reunião entre os diretores da Associação Potiguar de Energias Renováveis – APER, Max Pereira e José Maria Vilar, presidente e vice-presidente, respectivamente, e Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico do RN, Jaime Calado, na sede da SEDEC, Centro Administrativo.

Durante a reunião, os dirigentes da APER fizeram a apresentação de um estudo realizado pela Associação sobre a “Evolução da Energia Solar Distribuída no RN”, compreendendo o período de 2015 a outubro de 2021, contemplando diversos aspectos, como: quantidade de sistemas conectados à rede ano a ano, potência instalada ano a ano, quantidade de municípios do RN que já contam com essa fonte de energia, investimentos estimados ano a ano e a estimativa de empregos permanentes gerados diretamente no RN apenas por essa fonte de energia renovável, de cerca de 3.500 pessoas.

O Secretário mostrou-se muito satisfeito com o crescimento que esse setor vem apresentando no Estado, sendo o 4º maior da região em quantidade e potência instaladas. Se for levado em conta a participação do PIB do RN no PIB do Nordeste essa participação torna-se ainda muito mais expressiva.

Outro fator destacado foi de que o setor é constituído notadamente por empresas de micro, pequeno e médio porte, o que vai ao encontro da política governamental e de instituições parceiras como o SEBRAE/RN e o SENAI, de fortalecer as micro, pequenas e médias empresas espalhadas por todo o Estado.

Ao final do encontro, o secretário parabenizou pela criação da APER e declarou seu interesse em tornar a interlocução entre às duas instituições mais frequente, considerando o interesse comum das suas atividades e a contribuição que apresentam para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte.