Marília Rocha e Gerson de Castro foram reconduzidos aos cargos em nova eleição da Associação para o biênio 2022-2024. — Foto: João Gilberto

A Comunicação da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte segue integrando a diretoria da Associação Brasileira de Televisão e Rádios Legislativas (Astral). Nesta quarta-feira (24), durante o primeiro dia da 24ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), em Campo Grande (MS), a diretora de Comunicação Institucional da ALRN, Marília Rocha, e o gerente executivo da TV Assembleia do RN, Gerson de Castro, foram reconduzidos aos cargos em nova eleição da Associação para o biênio 2022-2024.

“Mantendo uma tradição de longos anos, a Astral promoveu eleição consensual para formação de uma nova diretoria, destacando-se o aumento da participação feminina. É com enorme alegria que a gente vê que a Astral conseguiu viver e superar os desafios causados pela pandemia”, comemorou Gerson de Castro, reconduzido ao cargo de diretor financeiro da Associação.

Com a eleição, a Astral passa a ser presidida por Luciana Rivelli, da Câmara Municipal de Jundiaí (SP). A diretoria técnica tem à frente Suellen Costa, do Legislativo estadual de Santa Catarina, e Karine Pagliarini, da Câmara Municipal de Pouso Alegre (MG), passa a ocupar a diretoria-geral.

A Astral congrega emissoras de rádio e TV mantidas pelos Poderes Legislativos das esferas federal, estadual e municipal. Com o encontro durante a CNLE, a Associação pretende trocar experiências e promover o debate sobre o papel desses veículos de comunicação como instrumento de transparência das ações do Legislativo, de aprimoramento do sistema democrático e do exercício da cidadania.

CNLE

A 24ª Conferência Nacional da Unale (CNLE) acontece este ano, de forma híbrida, nos dias 24, 25 e 26 de novembro com o tema “Redesenhando os caminhos do Parlamento”. A expectativa de participação é de cerca de 30 mil pessoas, configurando-se como o maior encontro legislativo da América Latina.

O evento reúne painéis que destacam o trabalho técnico das Procuradorias, Recursos Humanos, Escolas da Assembleia, Comunicação, Secretarias Legislativas e Administrativas, TV e Rádio Assembleia e atividades legislativas.