Herança de Marília Mendonça chega ao valor de R$ 500 milhões. A questão agora é se a cantora tinha um testamento ou se os bens podem se tornar motivo de disputa — Foto: Reprodução

Por Pure People — Marília Mendonça, vítima de um acidente aéreo em Caratinga, interior de Minas Gerais, deixou uma herança no valor de R$ 500 milhões, segundo o programa “A Tarde É Sua”, da RedeTV!. A morte da sertaneja pegou todos de surpresa e provocou uma onda de comoção em todo o país. Alguns dos principais jornais do mundo noticiaram a tragédia.

Ainda não se sabe como o dinheiro será repartido entre a família, nem se a cantora havia deixado um testamento, detalhando como deve ser a partilha de bens conquistados ao longos dos últimos anos. Em um cenário em que o documento não exista, levando em consideração que Marília tinha apenas 26 anos, a herança seria do filho, Léo, que está sob os cuidados da avó Ruth Moreira.

QUAL A FORTUNA DE MARÍLIA MENDONÇA?

Marília acumulou dinheiro com shows, royaltes e produtos. Mesmo com a pandemia, ela não parou de faturar com suas composições, sempre muito tocadas nas principais plataformas de streaming e, por isso, a fortuna não parava de crescer.

De acordo com o portal “Fórum”, o faturamento mensal da artista girava em torno de R$ 10 milhões. Com isso, Marília já era uma das cantoras mais bem sucedidas da atual geração da música sertaneja brasileira. A questão agora é se ela tinha um testamento ou se os bens podem se tornar motivo de disputa.

Marília havia retomado em menos de um mês a rotina de shows quando ocorreu o acidente que também vitimou outras quatro pessoas: o piloto Geraldo Medeiros Júnior, do copiloto Tarciso Pessoa Viana, do produtor Henrique Ribeiro e do tio e assessor da artista, Abicieli Silveira Dias Filho.

GRAMMY LATINO ENALTECE O LEGADO DEIXADO POR MARÍLIA MENDONÇA

Marília morreu no auge da carreira após ter conquistado um Grammy Latino pelo álbum “Todos Os Cantos”. O projeto virou turnê em todo o Brasil, com shows surpresa da sertaneja em várias cidades do país. A própria artista foi a responsável por panfletar a sua chegada em cada ponto turístico nacional.

No sábado (6), a Academia Latina de Gravação emitiu uma nota em homenagem à Marília. No comunicado, o diretor executivo da premiação, Manuel Abud, celebrou o legado da cantora. “Marília Mendonça foi uma jovem e incrível cantora. Foi a voz de toda uma nova geração da música sertaneja brasileira”, iniciou.

“Mendonça foi nomeada pela primeira vez ao Grammy Latino em 2017, na categoria de ‘Melhor Álbum de Música Sertaneja’ e ganhou em 2019 com o disco ‘Todos Os Cantos’, que incluía uma série de shows gravados em todas as capitais do Brasil. Neste ano, Marília está indicada na mesma categoria”, continuou.

“Sentiremos muita falta de Marília, mas seu legado viverá para sempre em sua música. Nossos profundos pêsames para sua família neste momento tão difícil”, finalizou.