Ao todo, são 47 vagas para técnico e analista legislativo. — Foto: João Gilberto

A mesa diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte autorizou a realização de concurso público com 47 para cargos efetivos vagos do quadro de pessoal. A autorização foi publicada no Diário Oficial desta quarta (22).

As vagas são para técnico e analista legislativo. O próximo passo é a definição e contratação da empresa organizadora do concurso. A previsão é que o concurso aconteça em 2022.

As vagas para o cargo de Analista Legislativo terão remuneração inicial de R$ 7.725,75 mais auxílio alimentação e auxílio saúde. Já as vagas para o cargo de Técnico Legislativo terão remuneração inicial de R$ 4.139,75, mais auxílio alimentação e auxílio saúde.

Confira abaixo o quadro de vagas

• 13 vagas para Técnico Legislativo, especialidade Apoio Administrativo, com requisito de escolaridade de nível médio;

• 3 vagas para Técnico Legislativo, especialidade Contabilidade, com requisito de escolaridade de nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato;

• 1 vaga para Técnico Legislativo, especialidade Edificações, com requisito escolaridade de nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato;

• 5 vagas para Técnico Legislativo, na especialidade Tecnologia da Informação, com requisito de escolaridade de nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato;

• 1 vaga para Técnico Legislativo, especialidade Tecnologia de Sistema, com requisito de escolaridade de nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato;

• 10 vagas para Analista Legislativo, especialidade Processo Legislativo, com requisito de escolaridade de nível superior;

• 1 vaga para Analista Legislativo, especialidade Arquitetura, com requisito de escolaridade de nível superior, com graduação em Arquitetura;

• 3 vagas para Analista Legislativo, especialidade Contabilidade, com requisito de escolaridade de nível superior, com graduação em Contabilidade;

• 1 vaga para Analista Legislativo, especialidade Engenharia Civil, com requisito de escolaridade de nível superior, com graduação em Engenharia Civil;

• 1 vaga para Analista Legislativo, especialidade Engenharia Elétrica, com requisito de escolaridade de nível superior, com graduação em Engenharia Elétrica;

• 1 vaga para Analista Legislativo, especialidade Medicina, com requisito de escolaridade de nível superior, com graduação em Medicina e especialização em Cardiologia;

• 3 vagas para Analista Legislativo, especialidade Administração, com requisito de escolaridade de nível superior, com graduação em Administração;

• 4 vagas para Analista Legislativo, especialidade Tecnologia da Informação, com requisito de escolaridade de nível superior na área de Tecnologia da Informação ou de qualquer outro curso superior com pós-graduação na área de Tecnologia da Informação.

Por g1 RN