Viatura da Polícia Militar na frente do supermercado assaltado, na Zona Sul de Natal — Foto: Carlos Daniel/Inter TV Cabugi

Por G1 RN — Criminosos armados e encapuzados invadiram um supermercado na Zona Sul de Natal, roubaram malotes e levaram um homem como refém na tarde desta terça-feira (15), segundo a Polícia Militar. Ainda de acordo com a corporação, os suspeitos fugiram em um carro e são procurados pela cidade. O helicóptero Potiguar I, da Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte, também auxilia nas buscas.

O caso aconteceu no supermercado Carrefour, no bairro Candelária. Clientes que estavam no estabelecimento informaram que os homens estavam fortemente armados e encapuzados. Houve pânico no local e lojistas tiveram que fechar as portas.

“Um disse: ‘Não quero fazer mal a vocês. A gente só quer algumas coisas. Bolsas, celulares e algumas coisas aqui'”, afirmou uma funcionária, que tentou se esconder no almoxarifado e foi abordada com outras colegas pelos criminosos.

Por volta das 14h15, a corporação informou que a vítima levada pelos assaltantes foi liberada e já estava com policiais. Trata-se de um vigilante do supermercado, que estava dirigindo um carro preto, modelo Punto, que foi usado pelos bandidos para chegar ao Carrefour. Segundo a vítima, eram seis ou sete homens.

Na fuga do supermercado, eles foram até o Paço da Pátria, onde os criminosos desceram do veículo e mandaram o vigilante seguir com o carro, sendo abordado pela polícia na Avenida Alexandrino de Alencar, em outra região da cidade. A vítima prestou depoimento por volta das 15h. Um segundo carro, modelo Yaris, também foi abandonado pelos bandidos e recuperado pela polícia.

Carros roubados utilizados na ação dos bandidos foram recuperados pela polícia — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Em nota, o Carrefour citou que “um grupo armado invadiu uma unidade da rede em Natal. Na ação, nenhum cliente foi agredido. Em relação ao vigilante feito refém, ele já foi solto e está recebendo todo apoio. A loja foi imediatamente fechada e prestamos suporte aos clientes e funcionários. A empresa irá registrar um boletim de ocorrência e cooperar com as investigações”.