O Consórcio adquiriu os respiradores junto a uma empresa especializada em medicamentos à base de Cannabis. — Foto: Fernando Vivas/GOVBA

O deputado federal General Girão Monteiro (PSL) cobrou a convocação dos membros do Consórcio do Nordeste, que reúne todos os governadores da região, para esclarecer na CPI da Covid no Senado os gastos de quase R$ 50 milhões com respiradores que jamais foram entregues ao poder público.

“Esse Bando chamado de Consórcio do Nordeste deveria ser o primeiro a ser ouvido nesse Circo da CPI. Queremos saber para onde foram os 50 Milhões dos respiradores. Brincadeira com dinheiro público comprar equipamentos de empresa que ‘cuida de maconha’. E o pior, sem nunca receber”, disse Girão por meio das suas redes sociais.

O Consórcio adquiriu os respiradores junto a uma empresa especializada em medicamentos a base de Cannabis. Como os equipamentos jamais foram entregues, a compra virou caso de Polícia.

Fonte: Portal Grande Ponto