O conteúdo dos discursos girou em torno da vacinação contra a Covid-19. — Foto: Eduardo Maia

No horário destinado aos deputados, na sessão ordinária que aconteceu nesta quarta-feira (07), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, pronunciaram-se os deputados Ubaldo Fernandes (PL), Vivaldo Costa (PSD), Francisco do PT e Coronel Azevedo (PSC). O conteúdo dos discursos girou em torno da vacinação contra a Covid-19, o desenvolvimento do município de Caicó e ações governamentais.

O deputado Ubaldo Fernandes, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa e Valorização dos Direitos da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, mencionou que, nesta semana, leu a notícia sobre a recomendação do Ministério Público estadual para que o Governo do Estado anule um trecho do Decreto expedido recentemente, que diz que os idosos se sujeitarão a um nível especial de proteção, devendo haver restrição da circulação da pessoa idosa.

Sobre o conteúdo do Decreto, o parlamentar falou que, embora seja ato de proteção, afronta o direito de ir e vir dos idosos. “Portanto, nos somamos à solicitação do MPRN e pedimos a revisão do Decreto. O Ministério Público deu prazo de 48h para que seja expedido um novo ato mantendo a liberdade de locomoção e circulação, exceto no período do toque de recolher. Faço apelo ao Governo do Estado para que reveja esse equívoco cometido”, disse.

O deputado estadual Vivaldo Costa, por sua vez, direcionou a fala dele para o município de Caicó. Segundo ele, as duas últimas administrações destroçaram o município e agora seria a hora da restauração. “O prefeito Judas Tadeu está coordenando um grupo em favor da recuperação da cidade. O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), está nesse grupo, além dos ministros Ramos Pereira, Rogério Marinho e Fábio Faria. Nesse trabalho também temos o apoio do deputado federal João Maia (PL)”, informou. Sobre a restruturação, ele destacou a construção do polo comercial de Caicó.

O parlamentar Francisco do PT comentou sobre o anúncio feito pelo Governo do Estado na última terça-feira (06), sobre a renovação do contrato do estado com o Banco Mundial até o final de dezembro de 2022. “Em 2018, foram iniciadas as tratativas para a renovação do contrato que venceria em maio de 2019. Muitas obras ficariam pelo meio do caminho se a renovação não acontecesse. Então, com muita responsabilidade, dedicação e empenho, a governadora Fátima Bezerra e equipe conseguiram a primeira prorrogação do documento para dezembro de 2020, depois março de 2021 e agora para 31 de dezembro de 2022”, explicou.

“Com isso, foi garantido mais de R$ 450 milhões para investimentos aqui no nosso estado, viabilizando obras do Hospital da Mulher, da Barragem do Pataxó, da reforma da Fortaleza dos Reis Magos e do Teatro Alberto Maranhão, por exemplo”, completou.

Ele também comentou que esse processo resultou em uma série de projetos importantes, como reformas e ampliações de escolas no estado, obras nas Centrais do Cidadão, construção de estradas, casa do artesão do Seridó, que, de acordo com ele, até o final do ano estará sendo entregue, bem como, queijeiras no Seridó e em outras regiões, projetos de abastecimento de água e equipamentos como tomógrafos.

Por fim, o Coronel Azevedo, que defendeu no Legislativo potiguar que fosse colocado em prática um plano emergencial para vacinação que atendesse aos operadores de segurança pública, comentou sobre o assunto. “O Governo Federal anunciou que incluiu os operadores de segurança pública e hoje está começando no nosso estado a vacinação desses profissionais, com as 1.040 doses recebidas. Mas, claro, é necessário que outras doses cheguem”, falou. Ele informou sobre os pontos de vacinação: em Natal, o Comando Geral da Polícia Militar; em Mossoró, o Hospital da PM; em Caicó, o 6º Batalhão da Polícia Militar; em Paus dos Ferros, o 7º Batalhão da PM; em Nova Cruz, o 8º Batalhão da PM. “Esta informação é importante para os profissionais e eu quero destacar a participação do secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Coronel Araújo, e de deputados nesse pleito”.

Ele também destacou requerimentos apresentados por ele na ALRN para priorização da inclusão na vacinação dos Auxiliares de Serviços Gerais e terceirizados que trabalham em órgãos públicos; a inclusão de garis, coletores de lixo e demais profissionais de limpeza urbana; de porteiros, zeladores e agentes de limpeza de diversos prédios públicos e privados.