Muro da casa da vítima foi derrubado antes do assassinato registrado em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Por Kleber Teixeira, Inter TV Cabugi e G1 RN — Criminosos usaram a escavadeira de uma fábrica de cerâmica para derrubar o muro de uma casa e matar a tiros o comerciante Gutemberg Xavier da Costa, de 51 anos, na comunidade de Oiteiros, em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (22). Trabalhador de uma fábrica de cerâmica, o operador da máquina era irmão da vítima e foi obrigado pelos criminosos a derrubar o muro da casa com uma arma na cabeça.

De acordo com testemunhas, pelo menos 10 homens armados invadiram uma fábrica de cerâmica na comunidade de Oiteiros por volta das 2 horas. Funcionários que estavam trabalhando no turno foram rendidos e colocados no escritório da empresa.

Os criminosos ainda roubaram objetos e tentaram arrombar um cofre. Em seguida, eles colocaram uma arma na cabeça de um dos funcionários e mandaram que ele dirigisse a escavadeira até um imóvel da comunidade. Quando se aproximava, o trabalhador reconheceu a casa como sendo do próprio irmão.

Criminosos usaram escavadeira para derrubar parede de casa e matar homem na Grande Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

No local, estavam o comerciante Gutemberg Xavier da Costa, acompanhado da esposa, duas filhas e uma sobrinha. O homem trabalhava com venda de verduras na Central de Abastecimento de Natal.

Segundo a polícia, os criminosos determinaram que o trabalhador usasse a escavadeira para derrubar o muro e uma parede da casa do irmão. Após invadirem o imóvel, os bandidos mataram o comerciante a tiros e fugiram em seguida.

A polícia e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) foram acionados para dar início à investigação. Nenhum suspeito foi preso. No local, as testemunhas não quiseram gravar entrevista.