A equipe pedagógica da Secretaria de Educação segue centrada na discussão do calendário. — Foto: Divulgação

O secretário de Educação de Caicó, professor Sérgio André, destacou as primeiras medidas que estão sendo tomadas frente à pasta neste primeiro momento da gestão municipal. A equipe pedagógica segue centrada na discussão do calendário de encerramento do ano letivo de 2020 e montagem de um calendário para matrículas e início do ano letivo de 2021.

Além disso, outros pontos como levantamentos para medidas de austeridade (controle de hora extra, readaptações e alocação de servidores) e visitas as unidades escolares para conhecimento in loco de suas respectivas realidades também são levados em consideração.

“Neste primeiro encontro, apresentamos a nova equipe da secretaria, nossa linha de trabalho, o novo calendário e as primeiras ideias para o ano letivo de 2021. Também definimos uma reunião exclusiva com professores das escolas da zona rural que estão ligadas administrativamente ao centro rural”, declarou.

A equipe pedagógica da Secretaria de Educação segue centrada na discussão do calendário. — Foto: Divulgação

Em Caicó são 23 escolas urbanas, uma escola rural com administração própria e mais sete escolas rurais que são administradas diretamente pela SEMECE. Ainda há duas bibliotecas públicas, um núcleo de tecnologia, quatro ginásios poliesportivos, uma filarmônica e sua sede, Escola Profissional Júlia Medeiros e o setor de cultura.

“É uma secretaria gigantesca. De início, já visitamos 14 escolas, um ginásio e a sede da filarmônica”, afirmou Sérgio André. De acordo com o titular da pasta, a estrutura física das escolas é caótica. Problemas como precariedade de banheiros, más condições de caixas d’água e inexistência de espaços para os estudantes merendarem demonstram a realidade em que as instituições se encontram.

“É uma situação inaceitável. Em algumas escolas só existe um banheiro para alunos, professores e servidores. É o caso da Severina Abigail e Raimundo Guerra; Caixas d’água comprometidas como as que pertencem ao Raimundo Guerra, Paulino Barcelos e Frei Damião; Não há local adequado para merenda em quase todas”, concluiu.

A equipe pedagógica da Secretaria de Educação segue centrada na discussão do calendário. — Foto: Divulgação