Vítima teria sido abordada pelo primeiro criminoso, simulando o conhecer e falando de seus problemas de saúde. — Foto: Rádio Natividade FM

Por Lili Bustilho, O Dia — Um aposentado de 73 anos, morador do bairro Cehab, em Itaperuna, no Noroeste Fluminense foi vítima do golpe aplicado por um falso curandeiro. O idoso teria sido abordado inicialmente pelo primeiro criminoso no Centro da cidade, que simulando o conhecer e falando, por exemplo, de seus problemas de saúde conseguiu ganhar a confiança do homem, até apresentar o comparsa, o suposto curandeiro.

Dentro de um carro que estava próximo, a dupla teria pedido os cartões bancários do idoso com suas respectivas senhas para realizar um ritual de cura, o “passe”, os devolvendo instantes depois enrolados por fita adesiva. Os estelionatários teriam dito que para o ”trabalho” dar certo, o adorno só poderia ser retirado alguns dias depois.

Ao chegar a sua residência, o aposentado desconfiou do fato e ao abrir o pacote verificou que o cartão não era o seu e que de sua conta, já havia desaparecido mais de R$ 10 mil, entre saques, transferências e pagamentos de boletos. O caso de estelionato foi registro na 143ª DL onde será investigado.