Idosos que haviam se programado para votar cedo tiveram que enfrentar longa espera — Foto: Reprodução

POR O DIA — O início da votação na Escola Municipal Padre Tomaz Ghirardelli, na cidade de Campo Grande (MS), teve um atraso e causou confusão e filas para os eleitores. O motivo foi inusitado: o presidente de mesa daquela seção, de número 226, atrasou cerca de meia hora e chegou ao local, aparentemente, embriagado. Com isso, foi dispensado do trabalho. As informações são do portal “Topmídia News”.

O acontecimento foi confirmado com o juiz Juliano Rodrigues Valentim, da 53ª Zona Eleitoral. A decisão de dispensar o homem foi tomada para que a situação se resolvesse e a fila fosse normalizada, de acordo com o juiz. Porém, o incidente será registrado em ata e investigado posteriormente.

Cerca de 40 pessoas, pelo menos, aguardavam na fila, por volta das 8h, para votar na escola, que fica no bairro Dom Antônio Barbosa. Idosos que tinham se planejado para chegar cedo e evitar aglomerações tiveram que enfrentar a espera e reclamaram da desorganização.