Menina escreveu no diário as ameaças e xingamentos que vem sofrendo nos últimos dias — Foto: Reprodução

POR O DIA — Uma menina de 11 anos foi vítima de racismo e ataque cibernético em sua página no Youtube. A criança teve sua conta na rede social invadida no último dia 11 e foi alvo de xingamentos e ameaças.

“Eu vou te achar e te matar”, escreveu o agressor em uma publicação.

Segundo informações do G1, a menina está com medo de sair na rua e tem tido pesadelos. Em declaração ao portal, o pai da criança disse que os agressores ameaçaram matar a filha e cortá-la em pedacinhos.

Em um diário, a menina relatou todas as agressões e xingamentos que passou a sofrer nos últimos dias e informou aos pais sobre a situação.

Os agressores ainda mudaram o nome do canal da criança para “Canal da Macaca Magrela” e editaram a foto de perfil, colocando a imagem de um macaco.

Segundo a Polícia Civil, as investigações seguem em andamento na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI). O pedido de quebra de sigilo já foi realizado à Justiça.

A Polícia Civil ainda disse que as diligências estão sendo realizadas para esclarecer o caso.