Público pode votar e escolher entre 63 finalistas que disputam a prêmios em dinheiro, bolsas de estudo e oportunidades de performances — Foto: Reprodução

Inédito no país, o Concurso Internacional de Canto Linus Lerner – Edição Brasil anuncia vencedores nesta terça-feira (29) durante a programação do “Terças-Clássicas ao Vivo com o Maestro”, através dos canais oficiais da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, pelo YouTube e Facebook, a partir das 20h. O concurso é uma iniciativa do maestro da OSRN, Linus Lerner, com o apoio da Southern Arizona Symphony Orchestra (SASO) e do projeto Movimento Sinfônico 2020.

Alcançando as cinco regiões brasileiras, foram 258 inscritos habilitados para concorrer a diversos prêmios, classificando 63 finalistas que passaram pelas análises criteriosas de 60 jurados oriundos de 12 países. Todas as etapas acontecem virtualmente em detrimento da pandemia ocasionada pelo coronavírus, e o público pode escolher seu candidato votando pelo site www.osrn.com.br até às 21h do dia do resultado final. O sistema de votação aceita apenas um voto por pessoa e é preciso estar logado na conta do Facebook. O vencedor da categoria “Voto Popular” recebe 2 mil reais.

Linus Lerner é um incentivador da ópera, e efetua há anos um trabalho em prol do desenvolvimento de cantoras e cantores líricos em países distintos, principalmente no México, por meio do concurso de canto, programas de classes e masterclasses. Por essa trajetória, o concurso recebe o nome Linus Lerner, que ainda garante a participação ativa de diversos patrocinadores advindos, na maioria, da SASO e de artistas de vários países que creditam expectativas positivas na capacidade de desempenho do maestro. “Os prêmios apresentados são o resultado do patrocínio de vários amantes e apoiadores da ópera, de instituições artísticas e de profissionais da área com reconhecida carreira internacional”, explica Linus.

Com enorme contribuição para a ópera nacional, a edição é um desdobramento do 5º Concurso Internacional de Canto Linus Lerner realizado em conjunto com o Festival de Ópera de San Luis Potosí (México), em parceria com a SASO. A realização da Edição Brasil foi criada no intuito de apoiar os talentos brasileiros, nascidos e naturalizados, residentes ou não no país, tanto de forma financeira quanto com oportunidades de performance e de crescimento artístico, totalizando mais de R$ 130 mil reais em prêmios.

Os prêmios estão organizados em três modalidades: Mérito do Júri – 15 prêmios em dinheiro, somando R$ 40.500 mil reais; 10 prêmios em oportunidades de Performance e mais de 60 prêmios de Estímulo Artístico, sendo esses pacotes de “classes” ou serviços (mini bolsas) destinados por grandes profissionais do mundo da ópera e instituições da área e distribuídos entre classes de canto e classes de interpretação/repertório que serão administradas a distância, através das plataformas digitais.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte tem o Governo do Estado do RN como seu principal mantenedor. E a temporada 2020 é realizada através do projeto Movimento Sinfônico por meio do patrocínio via incentivo fiscal da Companhia Energética do Rio Grande do Norte – Cosern e Instituto Neoenergia, mediante Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado do RN, da Unimed Natal, Hospital do Coração e Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão. O projeto Movimento Sinfônico é uma realização da OSRN / Fundação José Augusto e da MAPA Realizações Culturais.

VOTE: www.osrn.com.br

A OSRN é sua! Siga nossas redes sociais –

YouTube – https://www.youtube.com/channel/UCH0Ui-ioCNEDxZ18Hvs6gvA

Facebook – @rnsinfonica

Instagram – @rnsinfonica