O absurdo placar reflete exatamente o tamanho do domínio alemão no jogo. — Foto: Rafael Marchante/Pool/AFP via Getty Images

Por Vitor Geron, OneFootball — Um massacre. O Bayern de Munique atropelou o Barcelona por 8 x 2 no jogo único das quartas de final da Liga dos Campeões, nesta sexta-feira. O absurdo placar reflete exatamente o tamanho do domínio alemão no jogo.

Sem reação, o Barça praticamente assistiu a um time muito mais veloz e organizado construir a goleada absurda. Um ritmo que só não dá pra dizer que é inédito, porque em 2014 todos assistimos a algo muito parecido em uma semifinal de Copa do Mundo.

O Bayern agora aguarda o classificado entre Manchester City e Lyon para conhecer o adversário na semifinal do dia 19. O Barça junta os cacos e começa a pensar na próxima temporada. Será que Messi fica depois desse atropelo?

O jogo

O Bayern precisou de dois minutos para abrir o placar, com Müller. Mas sofreu o empate na sequência, em uma infelicidade de Alaba, que marcou contra ao tentar desviar um cruzamento.

Depois disso, só deu Bayern, e o Barça não viu mais a cor da bola. Após 30 minutos de jogo, os alemães já venciam por 4 x 1. Perisic, Gnabry e de novo Müller fizeram três gols entre os 20 e os 30 minutos da primeira etapa.

No segundo tempo, Suárez descontou, mas não demorou muito para o Bayern chegar ao quinto, com Kimmich, após ótima jogada individual de Davies.

O gol foi um balde de água fria em qualquer pretensão do Barça de tentar uma recuperação. O Bayern não parou de criar chances e nos últimos minutos marcou mais três vezes, em jogadas, pasmem, de Coutinho.

O brasileiro emprestado pelo Barça cruzou para Lewandowski marcar o sexto. Depois, ele mesmo marcou mais dois para fechar o caixão dos catalães.