Ela fatura cerca de R$ 100 mil por mês — Foto: Reprodução

Por iG — A jornalista Rachel Sheherazade, que já foi a queridinha de Silvio Santos na área de jornalismo do SBT, pode ser demitida e acabar desempregada nos próximos meses. O contrato da apresentadora chega ao fim em setembro e seu alto salário e as provocações ao dono da emissora podem resultar na sua não renovação.

O que passou a incomodar Silvio Santos, de acordo com informações do ‘Notícias da TV’, é o alto salário da jornalista – que fatura por mês R$ 100 mil. Rachel Sheherazade não é a mais a mais bem paga do SBT, Eliana é quem ocupa esse posto, mas o valor que ela recebe é bem acima do que os outros funcionários da área de jornalismo recebem.

A questão do salário começou a pesar também por conta da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. O faturamento do SBT caiu em média 40% e está sendo preciso pensar em formas de conter os gastos. Com a saída de Sheherazade, muitos jornalistas da casa aceitariam assumir a bancada do “SBT Brasil” ganhando bem menos.

O que também coloca a jornalista a um pé fora do SBT é a relação dela com Silvio Santos, que ficou estremecida desde que o dono do Baú a proibiu de dar opinião no telejornal, sendo foi justamente isso que a fez ser contratada em 2011. A alternativa de Sheherazade foi falar sobre política no em seu canal no YouTube, mas logo foi proibida e retirada do “SBT Brasil” as sextas-feiras.

Sabendo da sua situação, Sheherazade já estaria procurando um novo emprego. Em junho, ela chegou a ser sondada pela Band, mas a emissora preferiu contratar Mariana Godoy. A CNN Brasil já declarou que não tem interesse pela jornalista e, segundo o ‘Notícias da TV’, ela esteve na última terça-feira (11) na Jovem Pan e teria tentado uma negociação para trabalhar no veículo de comunicação.