Jornalista estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Unimed, no Rio de Janeiro — Foto: Arquivo pessoal

Por Ian Chicharo Gastim, OneFootball — O esporte brasileiro está de luto. Morreu nesta terça-feira (28) o apresentador Rodrigo Rodrigues, aos 45 anos, vítima de complicações decorrentes da Covid-19. O jornalista estava internado desde o último sábado (25), em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Unimed, no Rio de Janeiro.

Admirado por sua competência e bom humor, Rodrigo testou positivo para o novo coronavírus há duas semanas e foi imediatamente afastado do trabalho, para cumprir medidas de isolamento, com acompanhamento de uma equipe médica do Grupo Globo.

No sábado (25), o apresentador deu entrada no hospital com sintomas como vômitos, desorientação e dor de cabeça. Segundo o boletim médico do hospital, foi diagnosticada uma trombose venosa cerebral, e o apresentador passou por uma cirurgia na noite de domingo (28) para aliviar a pressão intracraniana.

Nesta terça-feira (28), no entanto, ele não resistiu às complicações decorrentes da Covid-19 e faleceu, deixando uma legião de fãs e amigos por onde passou.

Carreira brilhante na TV

Rodrigo Rodrigues iniciou a carreira em 1995, na Rede Vida, antes mesmo de ingressar na faculdade de jornalismo, em 1997. Em 2001, integrou a equipe do programa Vitrine, da TV Cultura, que era apresentado por Marcelo Tas.

O jornalista trabalhou lá até 2003, quando teve uma passagem como repórter no SBT. Em 2005, teve uma foi para a TV Bandeirantes, mas voltou para a TV Cultura para ancorar o Cultura Meio-Dia, ao lado de Maria Júlia Coutinho, onde permaneceu até 2010.

Mas foi em 2011 que Rodrigo passou a cobrir esportes, área que não saiu nunca mais. Primeiro, assumiu a apresentação do Bate-Bola, da ESPN Brasil, onde angariou muitos admiradores, por seu estilo bem-humorado para levar informações ao público.

Passou ainda pelo Esporte Interativo, TV Gazeta e Rádio Globo até ser contratado pela TV Globo em 2019, como um reforço de peso para a emissora, dada sua carreira já consolidada. Apresentou diferentes programas no SporTV e quadros no Globo Esporte de São Paulo. Em agosto, tornou-se âncora fixo do Troca de Passes.

Clubes, fãs e amigos prestam homenagens

O falecimento de Rodrigo Rodrigues gerou uma onda de comoção nas redes, com clubes, fãs e amigos lamentando a partida tão cedo do apresentador.