“Horizonte 2020-2023 da ALRN”, é nome do plano que define a visão e objetivos da ALRN até 2023 — Foto: Assessoria

Com foco no monitoramento e avaliação das atividades de gestão e governança, ocorreu a terceira oficina operacional “Implantando a Gestão Estratégica na ALRN”, realizada por videoconferência nesta terça-feira (19). A modelagem do processo com a constituição de um amplo fluxograma vai nortear o acompanhamento da execução do conjunto de ações e projetos estabelecidos no Plano Estratégico da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para o quadriênio 2020-2023, denominado de “Horizonte 2023 da ALRN”, e, validado em dezembro passado.

Para Luciana Cardoso, coordenadora do projeto, todas as etapas vêm sendo percorridas, mesmo que num período atípico como o que estamos vivenciando com o novo Coronavírus. “Com a plataforma de videoconferência, estamos mantendo a regularidade dos encontros. Agora com as oficinas de capacitação, depois o compartilhamento da metodologia, modelagem de processos e sempre incentivando a melhoria contínua das atividades de execução”, detalhou.

De acordo com a consultora Paulinéa Araújo (servidora da Justiça Eleitoral), responsável pela coordenação das oficinas, “o processo de trabalho ora modelado contempla atividades de comunicação da estratégia, orientação e apoio às áreas, coleta periódica de dados sobre o desempenho, avaliação dos resultados em reuniões de análise da estratégia e elaboração de relatórios de gestão. Este processo pode e deve ser aprimorado em cada exercício, a partir da exercitação de suas atividades, visando o melhor desempenho de todos os setores do Legislativo Potiguar”, explicou.

O curso “Implantando a Gestão Estratégica na ALRN” tem duração de três semanas, com dois encontros semanais (terças e quintas-feiras), das 8h às 12h, e conta com a participação dos servidores Luciana Cardoso, Roselie Albuquerque e Ilany Maciel (Assessoria de Planejamento), Müller Medeiros (Controladoria), Alexandre Mulatinho (Comunicação), Leonardo Araújo e Luciano Lira (Escola da Assembleia), Helder Neres (Tecnologia da Informação), Thyago Cortez e Lívia Barros (Coordenadoria de Gestão de Pessoas).

Com a denominação de “Horizonte 2020-2023 da ALRN”, o plano estratégico contempla a definição da visão de futuro até 2023 e dos macrodesafios (objetivos estratégicos) que nortearão as ações da Assembleia Legislativa no próximo quadriênio.

O plano elaborado teve como base o levantamento dos cenários interno e externo e definição dos principias problemas identificados ao longo da elaboração do documento, com metas para serem alcançadas nos próximos quatro anos. Compõem o documento 68 iniciativas estratégicas, 28 indicadores e metas, 18 iniciativas específicas e 1 Projeto Institucional.