Sem dinheiro e sem diversão, ele ligou para a Polícia Militar — Foto: Dani Barcellos

Por IG — Um homem, morador da cidade de União da Vitória, no interior de Santa Catarina, quis aproveitar o valor do auxílio emergencial para se divertir, mas acabou se dando mal.

Ele havia contratado uma garota de programa, mas o encontro, literalmente, não saiu como programado: R$ 550 foram furtados pela mulher, que fugiu.

Sem dinheiro e sem diversão, o homem ligou para a Polícia Militar. Durante as buscas pela região, a PM localizou a garota de programa, mas o dinheiro não foi encontrado.

O auxílio emergencial de R$600 foi liberado para os trabalhadores autônomos, informais e desempregados. A intenção era que o dinheiro fosse usado para necessidades básicas das pessoas, como alimentação e pagamento de despesas.