O vereador Dedé Moura deixou o PT e o secretário Deda desfiliou-se do PP: os dois assinaram a ficha do PL — Foto: Reprodução

A prefeita Fátima Silva se elegeu nos últimos anos duas vezes em Ouro Branco pelo PT. Mas, agora no fim do prazo eleitoral ela orientou ao presidente da Câmara Municipal, Dedé Moura e ao vereador Adriano Silva que deixassem a legenda e assinasse a ficha do PL. Dedé Moura pode ser o nome escolhido para ser o nome dela a prefeito.

Outro que vem disputando o espaço é o secretário de Infraestrutura, Deda de Damião Moreira, que deixou o PP do deputado federal Beto Rosado e assinou a ficha do Partido Liberal (PL), que é presidido pela irmã da prefeita, Vitória Silva.

O nome do empresário Evilácio Freire foi retirado da disputa. A confirmação coube a Vitória, que orientou todos na recente reunião que assinassem a ficha do PL. Admiradores de Evilácio Freire não gostaram da decisão da irmã da prefeita, já que o companheiro de Fátima vinha sendo o mais cotado. Alguns problemas jurídicos que Evilácio responde na Justiça e impedimentos para registro da candidatura foram o foco central da decisão.