Cristiane lamentou o fato do Governo do Estado não ter se preparado para o impacto financeiro — Foto: João Gilberto

A deputada Cristiane Dantas (SDD) cobrou do Governo do Estado soluções para dois problemas, considerados pela parlamentar como gravíssimos: o indicativo de greve por tempo indeterminado anunciado pelos professores da rede estadual e ensino e a possível devolução por parte da Inframerica da concessão do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, localizado em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, ao governo Federal.

“São dois problemas considerados gravíssimos e que refletem diretamente na vida do norte-rio-grandense. É preciso que o Governo do Estado tome decisões enérgicas para que estes tenham uma solução plausível e que o cidadão não venha ser prejudicado”, cobrou Cristiane

Em seu discurso no plenário da Assembleia Legislativa, desta quinta-feira (05), Cristiane lamentou o fato do Governo do Estado não ter se preparado para o impacto financeiro que o reajuste de 12,84% do piso do magistério causaria aos cofres públicos.

“O que não entendemos é porque esse aumento não tenha sido inserido no planejamento financeiro do Estado. O Governo da professora Fátima deveria ouvir os sindicatos dos quais fez parte e pagar o aumento e o retroativo dos professores”, lamentou a parlamentar.

Sobre o anúncio por parte da Inframerica da devolução da concessão do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, a deputada considerou a notícia uma das mais preocupantes para a economia e o turismo do RN.

“Essa era uma tragédia anunciada. Houve falta de ação do governo do Estado para reverter esse quadro e agora a governadora precisa agir para que os prejuízos sejam os menores possíveis”, finalizou Cristiane.