Tartaruga-de-couro está ameaçada de extinção, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza — Foto: PCCB-UERN/Divulgação

Uma tartaruga marinha de 377 kg foi encontrada na Praia de Touros, no litoral Norte potiguar, e foi resgatada na madrugada deste sábado, 11, pela equipe do Projeto Cetáceos da Costa Branca – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (PCCB-UERN).

A tartaruga é da espécie Dermochelys coricea, conhecida como tartaruga-de-couro. Segundo o PCCB, o animal foi encontrado por pescadores, que entraram em contato com a ong NUMAR, parceira local do PCCB.

A tartaruga é juvenil, mede 1.42 m de comprimento curvilíneo de carapaça por 1.14 de largura curvilínea de carapaça e pesa, aproximadamente, 377 kg. O animal apresenta amputação total da nadadeira anterior direita, o que pode ter causado seu encalhe. A tartaruga seguirá em reabilitação na base do PCCB.

Risco de extinção

A tartaruga-de-couro é a maior de todas as tartarugas marinhas existentes, podendo chegar a até 2 metros de comprimento de carapaça. Tem uma carapaça negra, constituída de tecido macio. Habita águas mais profundas, aproximando-se do litoral apenas para desova, se alimentando preferencialmente águas-vivas.

Atualmente, a espécie encontra-se ameaçada de extinção de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza, necessitando de maiores esforços para sua conservação.

Tartaruga-de-couro está ameaçada de extinção, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza — Foto: PCCB-UERN/Divulgação