Deputados sobem à tribuna e partem para agressão durante sessão de discussão da Previdência Estadual na Alesp — Foto: Reprodução

Por Poder 360 — Deputados da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) partiram para agressão no plenário e a 1ª sessão de discussão da PEC da reforma da Previdência estadual foi suspensa nessa 4ª feira (4.dez.2019).

Congressistas subiram à tribuna durante o discurso do deputado Arthur do Val (sem partido), conhecido como “Mamãe Falei”, depois que o deputado chamou sindicalistas de “vagabundos” várias vezes em sua fala. Arthur do Val e Enio Tatto (PT) ameaçaram trocar socos.

Cauê Macris (PSDB), presidente da Casa, já havia advertido o deputado por chamar de “bando de vagabundos” e “chamar para a briga” servidores que protestavam na galeria da Câmara estadual.

Em nota, o presidente afirmou que “as cenas registradas não condizem com a história da Assembleia Legislativa do Estado São Paulo”.