Lídia Pace, do RN, e Mário Motta, de SC, apresentam o Jornal Nacional do sábado (30) — Foto: Reprodução/TV Globo

No último sábado, dia 30, a jornalista Lídia Pace, representante do Rio Grande do Norte e o jornalista Mário Motta de Santa Catarina, Estado que já teve um representante na bancada, apresentaram o Jornal da Nacional da Globo.

Exatamente às 20h30, estava começando a última edição de celebração do cinquentenário do Jornal Nacional. Desde o dia 31 de agosto, a cada sábado a bancada do JN foi ocupada por jornalistas que comandam telejornais locais nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal.

A experiência, tranquilidade, carisma e talento de Lídia Pace impressionaram do começo ao fim do telejornal. Com postura impactante diante das câmeras e um timbre de voz marcante, a jornalista, se destacou na apresentação. Finalizou sua participação no JN agradecendo aos colegas de imprensa, professores, e as oportunidades de trabalho em outras praças, mas agradeceu de modo especial ao Rio Grande do Norte.

O Rio Grande do Norte tem uma posição privilegiada e estratégica. É um dos pontos da costa sul-americana, mais próximos da Europa e da África. Por isso, serviu de base para os americanos na Segunda Guerra.

A experiência, tranquilidade, carisma e talento de Lídia impressionaram do começo ao fim do telejornal — Foto: Reprodução/Facebook

Os três milhões e meio de potiguares veem o jornal nacional pela Inter TV, afiliada da Rede Globo. O Rio Grande do Norte exporta melão, melancia e algodão. É o maior produtor nacional de sal. A capital, Natal, foi fundada a partir do Forte do Reis Magos. O turismo é o setor que mais emprega.

Mário Motta esteve na bancada do JN porque ele apresenta há 33 anos, o Jornal do Almoço, da NSC TV. É o jornalista com mais tempo à frente de um dos jornais locais da Globo e de suas afiliadas.

A experiência, tranquilidade, carisma e talento de Lídia impressionaram do começo ao fim do telejornal — Foto: Reprodução/Instagram
A experiência, tranquilidade, carisma e talento de Lídia impressionaram do começo ao fim do telejornal — Foto: Reprodução/Facebook

*Com informações do JN