Mano Menezes deixou o comando do Palmeiras após três derrotas seguidas — Foto: Wagner Meier/Getty Images

Por Gazeta Esportiva — Mano Menezes não é mais treinador do Palmeiras. Após a derrota para o Flamengo neste domingo, o treinador não resistiu à pressão e deixou o comando técnico da equipe com apenas três meses de trabalho. Patrocinadora e conselheira do clube, Leila Pereira, inclusive, republicou uma reportagem da demissão do comandante em suas redes sociais.

Contratado para substituir Luiz Felipe Scolari, em setembro, o treinador sofreu com a rejeição dos palmeirenses por seu passado no rival Corinthians e sai do clube depois de 20 partidas disputadas, obtendo 11 vitórias, cinco empates e quatro derrotas.

A derrota para o Flamengo tornou a pressão insustentável. O clube chegou a cinco jogos sem vitórias, com três derrotas consecutivas, estacionou nos 68 pontos e perdeu força na briga pela vice-liderança, hoje ocupada pelo Santos.

O treinador já vinha sofrendo com a insatisfação dos palmeirenses antes mesmo da partida contra o Rubro-Negro, quando a Mancha Verde, maior organizada do Palmeiras, protestou contra ele.

Curiosamente, Luiz Felipe Scolari também caiu após uma derrota para o Flamengo, ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. A tendência é que Wesley Carvalho, treinador do sub-20, comande a equipe nas últimas duas rodadas da competição.