Modelo acusou o jogador de futebol Neymar Júnior de estupro — Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil.

Por Poder 360 — A Justiça de São Paulo aceitou a denúncia do MP (Ministério Público) por fraude processual contra a modelo Najila Trindade e o ex-marido na última 6ª feira (29.set.2019).

Ela acusou o jogador de futebol Neymar de estupro. O caso teria ocorrido em maio em Paris, na França. O ex-marido, Estivens Alves, também foi acusado de ter divulgado fotos eróticas de Najila em troca de publicações nas redes sociais.

Com a decisão, os 2 viram réus por suspeita de terem dificultado as investigações da Polícia Civil. O Ministério Público havia denunciado a modelo por denunciação caluniosa e extorsão, mas o pedido foi recusado pela Justiça na última semana.

A investigação do suposto estupro foi arquivada em julho, depois que Polícia Civil decidiu não indiciar o atleta pelo crime sexual. Os depoimentos e provas apresentados por Najila apresentavam “incongruências”, segundo investigadores.