Weverson Delamarque confessou ter matado o vizinho, Manoel Messias (de boné) — Foto: Reprodução.

Por OP9 — Um homem identificado como Weverson Delamarque Candeia de Freitas, de 33 anos, foi preso na tarde desta terça-feira (17) no bairro do Catolé, em Campina Grande, por ser suspeito de matar Manoel Messias de Oliveira, de 30 anos. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi encontrado quando estava trabalhando como pedreiro em um condomínio residencial.

Ainda segundo a PC, Weverson Delamarque confessou na delegacia que havia cometido o assassinato na manhã desta terça-feira. A arma do crime também foi encontrada. Ela estava escondida no quintal da casa do suspeito, na Rua Chile, no bairro do Monte Castelo. Manoel Messias foi morto com um tiro na cabeça após o vizinho reclamar do barulho que ele fazia às 5h.

A Polícia Militar informou que a vítima estaria pedindo insistentemente dinheiro à mãe e à tia para comprar drogas, quando o vizinho chegou para reclamar. Ele continuou agitado e o suspeito disparou uma vez contra a cabeça de Manoel.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima já estava morta. O crime aconteceu logo no início da manhã desta terça-feira e a prisão no fim da tarde do mesmo dia.