Os visitantes da mostra poderão realizar um exercício íntimo de memória e cidadania — Foto: Eduardo Maia

A tarde desta segunda-feira (16) foi marcada pela abertura da sexta edição do projeto “Setembro Cidadão”, que acontece até o dia 29 deste mês, no Natal Shopping. Em parceria com o Memorial da Cultura e do Legislativo Potiguar, o evento conta com exposição de parte do acervo do Memorial Legislativo, sobretudo a respeito da história do Parlamento Estadual e dos 30 anos da Constituição do RN.

Segundo Plínio Sanderson, curador do Memorial, os visitantes da mostra poderão realizar um exercício íntimo de memória e cidadania.

“Em exposições como esta, nós temos a oportunidade de ampliar nossa consciência sobre a história e renovar nosso espírito cidadão. Aqui os visitantes vão ter contato direto com antigas leis, conhecer as assembleias constituintes do nosso estado, aprender curiosidades da rápida vida política de Câmara Cascudo, além de conferir quadros das localizações anteriores do Parlamento Estadual”, detalhou.
Plínio Sanderson destacou também os painéis sobre o pioneirismo das mulheres potiguares na política. “Tivemos o primeiro voto feminino da América do Sul, a primeira mulher eleita do Brasil e somos berço da grande Nísia floresta, que escreveu o segundo livro sobre feminismo do mundo”, exemplificou.

Representando o presidente da Assembleia Legislativa do RN, Ezequiel Ferreira (PSDB), a diretora administrativo-financeira, Dulcinea Brandão, falou da importância da aproximação do Legislativo com os cidadãos em eventos como este.

“A Assembleia Legislativa, através do acervo do seu Memorial, consegue aproximar a população norte-rio-grandense da sua história. E durante esses dias de exposição, os transeuntes, estudantes e curiosos poderão visitar o espaço e sair mais conscientes da importância e das funções do Legislativo, além de conhecer mais sobre a cultura do nosso estado”, enfatizou.

A advogada Lígia Limeira, idealizadora do Setembro Cidadão juntamente com o juiz Jarbas Bezerra, falou sobre a relevância de se promover a consciência política da população.

“Neste terceiro ano de parceria com o rico acervo do Memorial do Legislativo, nós trouxemos parte da história e da cultura do RN para perto dos cidadãos. Com certeza, aqueles que nos visitarem, sairão daqui mais conscientes da relevância do RN para a história do mundo, em várias esferas da sociedade”, frisou.

Ainda de acordo com Lígia Limeira, a exposição irá contribuir para a formação política e consciência cidadã dos potiguares.

“Precisamos, enquanto povo, conhecer a nossa história, que é muito rica. Essa aproximação traz o sentimento de pertencimento e o orgulho de ser parte de um todo, que se transformam em vontade de fazer crescer o nosso estado. E isso tudo pode ser vivido aqui no nosso evento”, finalizou.