Por falta de estrutura, Centro de Detenção Provisória em Parnamirim foi desativado em definitivo — Foto: Reprodução/Arquivo

A Secretaria de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte (SEAP) desativou, em definitivo, o Centro de Detenção Provisória de Parnamirim, na Grande Natal. O fechamento aconteceu na noite desta segunda-feira (9), após a remoção dos 134 internos da unidade, que foram transferidos para a Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP). Segundo a secretaria, CDP foi desativado por causa da falta de estrutura e segurança do local.

“A SEAP/RN se preocupa com a condição de trabalho dos agentes penitenciários, as condições de encarceramento, as condições de segurança das instalações e da região onde estão inseridas”, justificou a secretaria.

Com o fechamento do CDP, os servidores também serão mantidos no mesmo município. “Importante ainda para os familiares e sem criar dificuldade para a manutenção dos serviços no sistema prisional do RN”, acrescentou a Seap.

Unidades desativadas

Com a desativação do CDP de Parnamirim, agora são 15 as unidades deste tipo fechadas no estado como parte do processo de reestruturação do sistema prisional potiguar. Os primeiros foram desativados ainda em 2017.

CDPs desativados:

CDP de Santa Cruz, em Santa Cruz
CDP de São Paulo do Potengi, em São Paulo do Potengi
CDP da Zona Norte, em Natal
CDP de Pirangi, em Natal
CDP do Potengi, em Natal
CDP da Ribeira, em Natal
CDP de Patu, em Patu
CDP de Macau, em Macau
CDP de Nova Parnamirim, em Parnamirim
CDP de Parnamirim (masculino), em Parnamirim
CDP de Parelhas, em Parelhas
CDP de Assu, em Assu
CDP de Currais Novos, em Currais Novos
CDP de Pau dos Ferros, em Pau dos Ferros
CDP de Ceará-Mirim, em Ceará-Mirim