“Precisa ter a opção de fazer com segurança” — Foto: Getty Images.

Em entrevista à Marie Claire, Anitta admitiu ser favorável ao aborto e que tem planos de se aposentar em até quatro anos, “já fiz tudo que era para ter feito”. A cantora de 26 anos defendeu o direito da mulher de ditar seus rumos, “apoio a liberdade de escolha”.

O apoio ao aborto não significa que Anitta descarte a ideia de ter filhos. Pelo contrário, “quero ter vários, muitos. Gosto de casa cheia. Quero adotar também. Só que é um plano para depois”.

Anitta diz ser espírita e acreditar em reencarnação e carma. Ela pondera que não teria motivos para abortar, “sou saudável, tenho como sustentar”. No entanto, reafirma a importância da liberdade de escolha.

“Defendo a descriminalização, total. Acho que as pessoas têm que ter o direito de agir conforme as crenças delas. Não é porque em X que todo mundo tem que acreditar igual. Acho que quem não está a fim de ter um filho precisa ter a opção de fazer isso com segurança”, completou.