Na última semana, os jornalistas Márcio Canuto, Phelipe Siani e Mari Palma deixaram a emissora — Foto: Reprodução.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Depois de vários jornalistas da Globo deixarem a emissora, agora foi a vez de o repórter Victor Bonini pedir para sair. O jornalista, que fazia reportagens em jornais como o SP1 e SP2 e Bom Dia São Paulo, pretende ir fazer um mestrado em Nova York, nos Estados Unidos.

Bonini, que tem 26 anos, era um dos repórteres de maior destaque atualmente. Não à toa era o escolhido para fazer reportagens mais elaboradas na emissora.

A saída dele representa uma debandada na Globo. O casal Mari Palma e Phelipe Siani acaba de trocar a Globo pela CNN Brasil. Namorados, os dois vão ancorar juntos um noticiário do canal, previsto para estrear ainda este ano.

Márcio Canuto também deixou o canal. Ele preferiu se aposentar. Outras baixas foram as de Mauro Naves, que foi desligado após suposto envolvimento no caso entre Neymar e Najila Trindade, Tino Marcos, que pediu uma licença não remunerada e só voltará em 2020, e Marcos Uchôa, que se afastou para dedicar mais tempo à família.

Ivan Moré também enfrenta uma situação delicada na emissora. Depois de ser substituído como apresentador do Globo Esporte São Paulo por Felipe Andreoli, Moré está fora do ar e chegou a negociar a sua ida para a Record, mas ainda não tem emprego certo.

Outro caso é o de Fernando Rocha e Mariana Ferrão. Eles saíram da Globo no início do ano após decisão do canal de transformar o programa Bem Estar, que ambos apresentavam, em um quadro dentro do programa Fátima Bernardes.