Euriclides Góes Torres tinha 38 anos — Foto: Arquivo Pessoal

A Polícia Militar prendeu na tarde desta terça-feira (25) no município de Apodi, na região Oeste do RN, um homem de 21 anos suspeito de ter matado a tiros o engenheiro civil Euriclides Góes Torres, de 38 anos, durante uma festa junina na cidade na madrugada de domingo passado (23). O suspeito confessou o crime aos policiais e teve uma arma apreendida, que, segundo ele relatou, foi a utilizada no crime.

O suspeito foi encontrado após denúncias anônimas que levaram os policiais até ele. De acordo com a PM, Euriclides Góes Torres teria se envolvido em uma briga e na sequência teria sofrido os disparos de arma de fogo. O engenheiro foi atingido com três tiros. Ele chegou a ser socorrido para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

A festa, que era particular, acontecia ao lado da Associação Cultural Desportiva Apodiense (ACDA), no Centro da cidade. O homem que brigava com o engenheiro também foi atingido. Ele foi ferido em uma das mãos e também foi socorrido. O suspeito preso foi encaminhado para a Delegacia de Apodi, que vai investigar o caso.