Detento dentro estava dentro de um carro com uma mulher e dois filhos dela na principal rua de Cajupiranga, em Parnamirim, na Grande Natal — Foto: Rafael Fernandes/Inter TV Cabugi

Policiais civis prenderam nesta quarta-feira (17) um homem suspeito de envolvimento na morte de um detento e de uma criança de 3 anos, crime ocorrido na noite desta terça-feira (16) em Cajupiranga, bairro de Parnamirim, na Grande Natal. As vítimas foram baleadas dentro de um carro. O veículo foi perseguido por um outro automóvel, de onde partiram os disparos.

O homem morreu na hora. Já a criança, ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Deoclécio Marques. O presidiário morto foi identificado como Hilton da Silva Oliveira, de 26 anos. Ele respondia por um crime de homicídio e era monitorado por uma tornozeleira eletrônica. Já a criança, foi identificada como Arthur Emanuel Alves Fernandes, de 3 anos.

No carro também estavam a mãe do menino e uma outra criança. A mulher foi ferida no braço, mas não corre risco de morte. A outra criança não foi atingida.

Ao G1, o delegado Cidórgeton Pinheiro confirmou que o homem preso nesta manhã participou da execução. Já um segundo suspeito, que também estava no carro, teria sido morto como represália por ter matado a criança, já que o verdadeiro alvo seria apenas o detento. A Polícia Civil trabalha na tentativa de confirmar a informação e encontrar o corpo.

Ainda segundo o delegado, o detento Hilton da Silva Oliveira seria membro de uma facção rival a do pai da criança, que está preso no sistema carcerário. “São informações que também estamos investigando”, acrescentou Cidórgeton.