As inscrições podem ser feitas desde o dia 27 de março e vão até o próximo dia 16 de abril — Foto: Imagem ilustrativa / Divulgação

A Prefeitura de Jardim de Piranhas, na Região do Seridó do RN, abriu concurso público com oferta de vagas nas áreas de educação, assistência social, saúde e prestação de serviços. O menor salário é de R$ 998 e o maior chega a R$ 10 mil. As vagas são para os níveis fundamental incompleto e completo, médio e superior e o edital do concurso está disponível no site da Funcern, responsável pela prova.

As inscrições podem ser feitas desde o dia 27 de março e vão até o próximo dia 16 de abril. As provas serão aplicadas no dia 5 de maio.

As taxas de inscrições variam. Para cargos de nível fundamental completo e incompleto, o custo é de R$ 80. Para nível médio, o preço é de R$ 100. A inscrição para cargos de nível superior custa R$ 120.

As vagas de nível fundamental incompleto são para auxiliar de serviços gerais, calceteiro, coveiro, pedreiro, servente de pedreiro e soldador. As vagas para nível fundamental são para merendeiro, motorista (categoria D), motorista de transporte escolar, vigilante e cozinheiro, agente comunitário de saúde (Novo Jardim), agente comunitário de saúde (Santa Cecília), agente de combate às endemias, eletricista, operador de bomba hidráulica e operador de trator de pneus.

Para o nível médio, as vagas são de agente de administração, atendente de consultório dentista, atendente de farmácia, digitador, fiscal de vigilância, sanitária, motorista de ambulância, recepcionista, técnico de enfermagem, técnico em informática, técnico em análises de laboratório e fiscal de disciplina.

Os cargos oferecidos para nível superior são de arquiteto e urbanista, assistente social, bibliotecário, educador físico, farmacêutico/bioquímico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico, médico veterinário, nutricionista, nutricionista visa, odontólogo terapeuta ocupacional e enfermeiro.

O edital do concurso público explica que a jornada de trabalho varia de 10 a 40 horas semanais ou por escala de plantão, respeitada as exceções contidas em legislação específica e observada a proporção entre a carga horária cumprida e remuneração fixada para o cargo.