Na reunião com a nova equipe do secretariado, Batata determinou ações e destacou que não vai ficar olhando para o retrovisor — Foto: Divulgação

O prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata), reassumiu a prefeitura nesta segunda-feira (11). O primeiro ato do gestor foi uma reunião com o novo secretariado, que inclui nomes novos e outros que já trabalharam no início de sua gestão. “Agradeço a todas as pessoas que nesses 180 dias estiveram ao nosso lado e vamos mostrar ao longo do tempo que a nossa prisão foi desnecessária. São nos momentos mais difíceis que nós sabemos quem são os amigos do poder e os amigos do coração”, disse Batata.

Ele confirmou que, na reunião com a nova equipe do secretariado, determinou ações, pois encontrou uma cidade com muitos problemas, mas que não vai ficar olhando para o retrovisor. Batata enfatizou que será feito um grande mutirão juntando algumas secretarias para realizar ações na área de limpeza e podas que existem por toda a cidade.

O chefe do Poder Executivo também salientou que a equipe estará atenta para a questão do Carnaval, já que faltam poucos dias para a realização do evento e lembrou que vai retomar as obras que estão paradas. “Nós últimos seis meses tudo parou. Nós temos mais de vinte ruas para serem calçadas e vamos atrás desses convênios para viabilizar essas obras de infraestrutura para Caicó”, afirmou Batata.

Ele também destacou a obra de construção de 432 casas no bairro Nova Caicó, que vai gerar emprego e renda para a cidade, e lembrou que está parado o projeto de 150 unidades habitacionais para os servidores municipais. A obra do asfalto terá que ser feita uma nova licitação para asfaltar 22 ruas. Batata citou outras obras que estão paralisadas e destacou a construção do novo ginásio na Boa Passagem, a reforma do ginásio poliesportivo Manoel Torres, no bairro Castelo Branco, além do projeto das cisternas na zona rural, o projeto da Feira da Mulher, entre outros.