Automóvel de Martha Rocha (PDT-RJ) teria sido fechado nas proximidades da Avenida Brasil — Foto: © Tomaz Silva/Agência Brasil

Agência Brasil – O carro da deputada estadual Martha Rocha (PDT-RJ) foi alvo de tiros na manhã de hoje (13) e o seu motorista foi baleado na perna após intensa trocas de tiros. O crime aconteceu no bairro da Penha, na zona norte da cidade.

As primeiras informações indicam que o carro em que a deputada estava foi fechado nas proximidades da Avenida Brasil por um outro veículo em que estavam quatro homens armados com fuzis. Houve intensa troca de tiros, o motorista da deputada levou um tiro na perna e foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, também na Penha, mas já recebeu alta.

A assessoria de imprensa da parlamentar informou que a deputada não foi atingida e passa bem. A deputada acompanhou o atendimento médico de seu motorista, o subtenente reformado da PM Geonísio Medeiros.

Em seu segundo mandato na Assembleia Legislativa, Martha Rocha, de 59 anos, foi a primeira mulher a chefiar a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.

Ainda não há informações se o crime teria sido um atentado ou uma tentativa de roubo de carro, uma vez que na área são constantes os roubos de veículos.

Ameaça da milícia

A delegada e deputada estadual Martha Rocha (PDT-RJ) diz ter sofrido três ameaças de morte em novembro do ano passado. O carro blindado onde ela estava foi baleado na manhã deste domingo (13) na Penha, Zona Norte do Rio.

“Procurei o (delegado) Rivaldo (Barbosa, então chefe de Polícia Civil do Rio) pessoalmente para falar sobre as ameaças. Em função disso comprei o carro blindado”, revelou a parlamentar ao ‘Globo’.

O motorista de Martha Rocha foi baleado na perna e internado no Hospital Getúlio Vargas, mas já foi liberado. A deputada não se feriu.

O diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa, delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, informou que ainda não é possível afirmar tratar-se de um atentado ou de um assalto.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) investiga o caso.