A exposição na Galeria Arte Zero integra a quinta edição da Mostra de Cinema de Gostoso (Crédito: Arte divulgação)

Em 22 de novembro, a partir das 19h, é inaugurada na Galeria Arte Zero, do Instituto de Ação Social e Cidadania Nilo e Isabel Neri (Iasnin), a mostra de fotografias Um Olhar Estrangeiro Sobre São Miguel do Gostoso, por Amancio Chiodi. Trata-se de instantes da cidade e seu entorno, registrados pelo fotógrafo propositadamente com a câmera de seu celular e trabalhados até o limite com os recursos oferecidos por este aparelho. Para este recorte, ele selecionou mais de 20 imagens relacionadas ao mar, à vegetação e gente locais.

A exposição segue até 16 de dezembro e faz parte da programação que acompanha a 5ª Mostra de Cinema de Gostoso – realizada de 23 a 27 de novembro com sessão competitiva e especial na Praia do Maceió, mostras e panorama infantil no Centro de Cultura e debates e seminários na Pousada dos Ponteiros.

Chiodi atua no campo da fotografia desde os anos de 1960. Foi um dos primeiros a registrar a Amazônia, pela revista Realidade. Testemunhou e imortalizou em imagens momentos cruciais da repressão, durante a ditadura iniciada em 1964. Passou pela mídia tradicional entre jornais como A Gazeta, O Cruzeiro, Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo. Também fez parte da imprensa alternativa em revistas como Bondinho e -Ex.

A partir da década de 2000, ele seguiu o caminho da arte independente – entre a escultura, pintura, desenho e gravura – e substituiu as pesadas câmeras pela lente do celular, com o propósito de realizar novas experimentações na fotografia. A partir da imagem original que captura com este aparelho, Chiodi trabalha em um processo que vai da desconstrução à reconstrução das fotos, sem perder a fidelidade ao instante que capturou. Ele evidencia ou satura cores, estoura imagens, as retalha, as funde. Nada é trivial ou se repete em seu portfólio.

Quando chegou em São Miguel do Gostoso, o fotógrafo se encantou. Com o seu celular fotografou a gente do lugar, ruas, casas, mar, areia, plantas, flores, a Lua, que estava em ciclo crescente, e o magnífico pôr do sol da cidade. De seu encontro com Emanuel Neri, jornalista nascido gostosense, que viveu em São Paulo e, anos depois, voltou à sua terra onde, entre outras atividades, preside o conselho do Iasnin e é um dos apoiadores da Mostra de Cinema de Gostoso, surgiu a mostra Um Olhar Estrangeiro — sobre São Miguel do Gostoso, por Amancio Chiodi.

Para esta mostra, ele trabalhou cada original, um por um, acentuando ao seu olhar estrangeiro a personalidade própria que emana das fotos, mesclada à sua percepção e sensibilidade. Ao ampliá-las quase ao extremo, Chiodi lhes transferiu nova roupagem, que remete, calculadamente, à linguagem pictórica, quase onírica.

SERVIÇO

Um Olhar Estrangeiro Sobre São Miguel do Gostoso, por Amancio Chiodi
Na Galeria Arte Zero, no Iasnin
Abertura: 22 de novembro, a partir das 19h
Exposição: de 22 de novembro a 16 de dezembro
Horário: das 19h às 22h
Entrada franca
Classificação indicativa: livre
Avenida dos Arrecifes, 1691
São Miguel do Gostoso
Contato: Emanuel Neri / 11 9 9632 4394