Capitão Styvenson fechou suas contas de campanha com um saldo de R$ 1.176,34 (Foto: Divulgação)

Além de abrir mão do Fundo Partidário, e não utilizando nenhum centavo de dinheiro público na sua campanha, o senador eleito, Capitão Styvenson fechou suas contas de campanha com um saldo de R$ 1.176,34, recurso doado à Rede Sustentabilidade, partido que o ajudou a ser eleito.

De acordo com o senador, o dinheiro é sobra de recursos que tinha disponível para empregar na disputa. Ou seja, é o que restou do dinheiro que foi doado por Styvenson para ele mesmo, e de doações de outras pessoas, que colaboraram financeiramente e acreditaram nas propostas do capitão.

“Eu queria poder repassar este dinheiro para alguma entidade carente, para pessoas ou instituições que realmente precisam, mas a Justiça Eleitoral não permite que eu faça isso. As sobras de campanha, que é justamente o dinheiro que não foi usado, deve obrigatoriamente retornar para a conta do partido, como determina a lei. Inclusive o dinheiro que eu doei para mim mesmo, que foi cerca de 75% de tudo o que usei, já que fiz questão de não trabalhar com recursos públicos, agora estou dando para o partido”, ressaltou o novo senador do Rio Grande do Norte.

A legislação não veda, porém, que o partido oferte esta sobra para alguma entidade beneficente, por exemplo. “Portanto, cabe à Rede doar ou não o dinheiro que repassei”, acrescentou Styvenson. A transferência do dinheiro foi feita na manhã desta quinta-feira, dia 1º de novembro.