Criada em 28 de setembro de 1968, a UERN tem como principal marca a interiorização do ensino superior (Foto: Vanessa d'Oliviê)

O deputado federal reeleito Walter Alves (MDB-RN) presidiu, na manhã de hoje (16), a sessão solene em homenagem aos 50 anos da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). A solenidade realizada no Plenário Ulysses Guimarães, na Câmara dos Deputados, foi uma proposição do deputado federal Beto Rosado (Progressistas-RN).

O deputado Beto Rosado ficou impossibilitado de participar do evento e convidou Walter Alves para presidir a sessão. “Eu já havia confirmado presença no evento. A UERN merece todas as nossas homenagens. Nosso mandato é parceiro da instituição com o envio de emendas ao longo dos últimos anos. Presidir a sessão solene foi uma honra. Agradeço o convite do amigo Beto Rosado”, disse Walter.

A sessão contou com a presença das seguintes autoridades: Cláudia Santa Rosa, secretária estadual de Educação; Pedro Fernandes, reitor da UERN; Francisco Carlos, professor do departamento de Economia da UERN e vereador de Mossoró; Fátima Raquel, vice-reitora da UERN; senador José Agripino (DEM-RN); deputado federal Felipe Maia (DEM-RN) e alguns prefeitos do Rio Grande do Norte.

História

Criada em 28 de setembro de 1968, a UERN tem como principal marca a interiorização do ensino superior no Rio Grande do Norte, presente em seis campi: Assú, Caicó, Mossoró, Natal, Pau dos Ferros e Patu, trabalhando na construção do Campus de Apodi. A instituição também está presente em 11 Núcleos Avançados de Ensino Superior.

A Universidade oferta 67 cursos de graduação e 25 cursos de pós-graduação stricto sensu, são 21 mestrados e 4 doutorados. São mais de 12 mil alunos da graduação e pós-graduação. Juntando os alunos de extensão, esse número chega a 15 mil. Somente na Escola da UERN (EdUCA), instalada na zona Norte de Natal, são mais de 1.500 alunos atendidos.