Pré-candidato a governador do RN pelo PDT, Carlos Eduardo Nunes Alves (Foto: Divulgação)

O pré-candidato a governador pelo PDT e ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, culpou o atual governador Robinson Faria pelo caos na segurança e a estatística de 1.000 assassinatos no Rio Grande do Norte este ano, segundo o Observatório da Violência.

“O atual governador disse que estudou segurança. Estudou para que o Rio Grande do Norte chegasse à sinistra estatística de homicídios? Estudou pra isso? Irresponsabilidade de quem abandonou a segurança”, criticou Carlos Eduardo, defendendo o prestígio aos policiais militares e civis, que devem ter “condições de trabalho dignas, equipamento e a autoridade do governo para combater o crime”.