No Instagram, a profissional desabafou sobre mais este episódio de machismo registrado durante a competição (Foto: Reprodução / YouTube)

A repórter colombiana Julieth Gonzales Théran foi assediada por um torcedor durante seu trabalho, em Moscou, na Rússia. Durante uma entrada ao vivo na TV, o torcedor a agarrou pelos braços, apalpou o seio e deu um beijo na bochecha.

A jornalista é enviada especial ao país para cobrir a Copa do Mundo para uma rede de TV alemã.

No Instagram, a profissional desabafou sobre mais este episódio de machismo registrado durante a competição. “Respeito! Não merecemos este tratamento. Somos igualmente profissionais. Compartilho a alegria do futebol, mas devemos identificar os limites entre afeto e assédio”, escreveu.

Fonte: Uol