O algodão orgânico que ganhou as passarelas e virou fonte de renda para famílias

O algodão orgânico que ganhou as passarelas e virou fonte de renda para famílias — Foto: Reprodução/TV Globo
O algodão orgânico que ganhou as passarelas e virou fonte de renda para famílias — Foto: Reprodução/TV GloboO algodão orgânico que ganhou as passarelas e virou fonte de renda para famílias — Foto: Reprodução/TV GloboCooperativa de algodão orgânico na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Globo

Por g1 PB — A semana de moda sustentável de São Paulo contou com um toque especial da Paraíba(veja no vídeo acima). Todo o tecido das roupas de alta costura foram feitos de algodão orgânico produzidos no estado, que hoje é um dos maiores produtores do país.

O Globo Repórter conversou com a empresária Francisca Vieira, que é testemunha dessa transformação. Ela conta que é da geração do “ouro branco” e ajudou nesta transição do algodão tradicional para o orgânico.

A cultura do algodão orgânico em terras paraibanas foi dizimada no início dos anos 80 por um besouro bicudo. Em Ingá, uma cooperativa se dedica ao cultivo e os agricultores falam com orgulho do projeto que são pioneiros.

A solução para afastar as pragas vem da própria caatinga. Uma árvore chamada Pereiro produz as folhas, que fornece um repelente de insetos.

Além de ser uma opção mais sustentável, essa abordagem também se revela mais vantajosa economicamente. Na cooperativa, funciona uma máquina que faz o descaroçamento do algodão, que é vendido por um preço de 30% mais alto que o convencional.

Confira as últimas reportagens do Globo Repórter: