Idosa de 67 anos desaparece após desembarcar no Aeroporto de Natal

Rita Caetano, de 70 anos, desapareceu após desembarcar no aeroporto de Natal — Foto: Cedida
Rita Caetano, de 70 anos, desapareceu após desembarcar no aeroporto de Natal — Foto: Cedida

Por g1 RN — Uma idosa desapareceu logo após desembarcar de um voo de São Paulo para Natal, no último sábado (8). A mulher pretendia visitar irmãos e outros parentes no município de São Paulo do Potengi, na região Agreste potiguar.

O caso foi registrado na delegacia de plantão de Parnamirim e é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Gonçalo do Amarante, segundo informou a Polícia Civil.

De acordo com a irmã Elza Souza, os familiares tinham combinado ir buscar Rita Caetano de Souza, de 67 anos, no fim da manhã de sábado (8) no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves.

No entanto, houve um atraso de cerca de meia hora. Quando Elza chegou ao terminal não encontrou a irmã e não conseguiu contato por telefone.

“Fiquei até meia noite no aerorporto indo de um lado para o outro, procurando ela”, relatou a irmã

Elza ainda informou que no fim da noite teve acesso a imagens das câmeras do aeroporto e percebeu que houve um desencontro.

Elza esperava a irmã no setor de desembarque, mas resolveu procurar o guichê da companhia aérea para obter informações sobre o voo. Nesse momento, a irmã passou na área de desembarque.

Rita foi vista saindo do terminal e procurando informações com taxistas e outras pessoas, mas a família não conseguiu identificar se ela entrou em algum veículo.

Ainda segundo a irmã, Rita Caetano mora há mais de 40 anos na capital de São Paulo.

Procurada pelo g1, a Zurich Airport, administradora do terminal, não se posicionou sobre o caso até a última atualização desta reportagem.

Informações sobre Rita Caetano podem ser enviadas à Polícia Civil pelo telefone 181.